• Home
  • > Notícias
  • > FEIRAS COTERIE E CABANA GERAM US$ 22,8 MILHÕES EM EXPECTATIVAS DE NEGÓCIOS
sexta-feira, 06/10/2017
FEIRAS COTERIE E CABANA GERAM US$ 22,8 MILHÕES EM EXPECTATIVAS DE NEGÓCIOS

Em setembro, doze empresas brasileiras participaram de duas importantes feiras norte-americanas de moda: a Cabana Show, do segmento de moda praia, que aconteceu entre os dias 16 e 18, e a Coterie, voltada para os segmentos de vestuário e acessórios femininos, entre os dias 17 e 19, ambas realizadas na cidade de Nova Iorque (Estados Unidos).

Com o apoio do Texbrasil (Programa de Internacionalização da Indústria Têxtil e de Moda Brasileira), fruto de uma parceria entre a Abit e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), as marcas Colcci, FARM, Liziane Richter, Maria Pavan, T. Arrigoni e PatBo, e também as marcas Cecilia Prado, Serpui Marie e Live!, participantes do Fashion Label Brasil, da ABEST, realizaram negócios no valor de US$ 6,6 milhões durante a Coterie, com estimativas de vendas em torno de US$ 22,3 milhões para os próximos 12 meses. 

Para a empresária Mariana Pavan, à frente da marca de tricô gaúcha Maria Pavan, a Coterie superou suas expectativas, tanto em termo de volume de negócios quanto na qualidade dos compradores. “Tivemos uma ótima aceitação dos produtos. Os clientes elogiaram principalmente o design e valor das nossas peças. Além disso, realizamos ótimos contatos e vendas”, afirmou. 

A head de marketing da FARM, Taciana Abreu, contou que a marca carioca recebeu compradores de mundo inteiro: além dos Estados Unidos, Canadá, Inglaterra, México, Bahamas, Líbano e Japão. “As pessoas elogiam o clima, o cheirinho, as plantas, a música, a vibe brasileira – nosso borogodó. E dentro disso, se apaixonam pelos vestidos, pelas estampas, pelas cores da FARM e do Brasil”, disse.

Já a marca de beachwear Adriana Degreas, também participante do Texbrasil, apresentou sua coleção de Primavera 18 na Cabana Show, realizada pela primeira vez em Nova Iorque, após quatro anos de sucesso em Miami Beach. “A experiência de participar da Cabana é sempre muito positiva. Trazer o formato do show de Miami para a cidade de NY foi uma excelente oportunidade de desenvolver novos negócios”, revelou Adriana, que contou também que recebeu no estande boutiques da Austrália, Estados Unidos, Egito e Reino Unido, e já tem interesse em participar da próxima edição do evento. 

Degreas participou da Cabana Show NY ao lado das marcas Isolda e Osklen, que receberam o apoio do Fashion Label Brasil, programa de exportação de moda da ABEST em parceria com a Apex-Brasil. Além dos US$ 163 mil em negócios realizados durante o evento, as grifes também voltam para o Brasil com expectativas de vendas de mais US$ 500 mil para os próximos 12 meses.

Sobre a Abit
A Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), fundada em 1957, é uma das mais importantes entidades dentre os setores econômicos do País. Ela representa a força produtiva de 33 mil empresas instaladas por todo o território nacional, empresas de todos os portes que empregam mais de 1,6 milhão de trabalhadores e geram, juntas, um faturamento anual de US$ 36,2 bilhões.

Sobre o Texbrasil
O Texbrasil, Programa de Internacionalização da Indústria Têxtil e de Moda Brasileira, foi criado em 2000 pela Abit em parceria com a Apex-Brasil, com o objetivo apoiar e preparar as empresas das indústrias têxtil e de confecção interessadas em comercializar seus produtos em outros países. Desde seu lançamento, mais de 1,5 mil empresas utilizaram os serviços do Programa, entre eles encontro com compradores e jornalistas internacionais, participação em feiras e eventos em todo o mundo, ações de capacitação em inovação, sustentabilidade e design, e realização de pesquisas e prospecções de mercado.

Sobre a ABEST
Criada em 2003, a Associação Brasileira de Estilistas tem como objetivo fortalecer e promover o design e a moda brasileira. Sua principal proposta é auxiliar o desenvolvimento de marcas brasileiras de alcance internacional e garantir a autenticidade e criatividade de cada uma delas, além de divulgar o estilo de vida do Brasil, contribuindo assim para o crescimento de todos os segmentos vinculados à moda. Atualmente a ABEST, que não tem fins lucrativos, conta com 120 marcas de todo o Brasil que exportam produtos para 57 países. Além disso, executa constantemente ações estratégicas para ampliar a penetração em novos mercados do globo e estreitar relações com os já conquistados.

Sobre o Fashion Label Brasil
Fashion Label Brasil é o Programa de Internacionalização da Moda Brasileira de Valor Agregado, da Associação Brasileira de Estilistas, criado há mais de 10 anos em parceria com a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos). Sua proposta é posicionar a moda brasileira no exterior, valorizando a imagem de um Brasil inovador e contemporâneo. O programa conta com atividades estratégicas e de promoção comercial para os diversos segmentos da moda brasileira, auxiliando-os na ampliação de sua atuação no mercado internacional.

Sobre a Apex-Brasil
A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira.

Para alcançar esses objetivos, a Apex-Brasil realiza ações diversificadas de promoção comercial que visam promover as exportações e valorizar os produtos e serviços brasileiros no exterior, como missões prospectivas e comerciais, rodadas de negócios, apoio à participação de empresas brasileiras em grandes feiras internacionais, visitas de compradores estrangeiros e formadores de opinião para conhecer a estrutura produtiva brasileira entre outras plataformas de negócios que também têm por objetivo fortalecer a marca Brasil.