Ainda criança, Carlos Mestriner começou a se familiarizar com a manufatura calçadista. Era representante de vendas na região de Birigui. Aos 18 anos, emancipado pelo pai, partiu para a aventura de ser fabricante. Contando com um pequeno galpão de 65m2 e alguns maquinários, o empresário iniciou suas atividades fabricando sandálias ortopédicas com quatro colaboradores e uma produção diária de 15 pares.

Eram os anos 80 e ali nascia a Klin, uma das maiores empresas de calçados infantis do país. O surgimento da empresa ajudou na consolidação da indústria calçadista da cidade de Bririgui (SP). Foi nesse período que as empresas de calçados realizaram a transição do uso do couro na confecção de calçados para o predomínio dos materiais alternativos (sintético, tecido, borracha e plástico), iniciando uma revolução na modelagem dos calçados.

Em 1992 a marca passou a exportar. Logo a Klin se fez presente em 60 países e chegou a direcionar 20% de sua produção para o mercado externo.

No vídeo abaixo, gravado para o canal da Apex-Brasil no Youtube, Carlos Mestriner fala sobre como que a gestão sistêmica adotada pela empresa e os cuidados com os produtos, a diferenciação da marca e o serviço de qualidade garantem espaço tanto no mercado interno quanto no mercado externo. Confira!