• Home
  • > Notícias
  • > PROJETO BRAZIL SUGARCANE REALIZA AÇÕES NO BRASIL E NA BOLÍVIA
quinta-feira, 08/11/2018
PROJETO BRAZIL SUGARCANE REALIZA AÇÕES NO BRASIL E NA BOLÍVIA

O Projeto Brazil Sugarcane Bioenergy Solution, parceria entre o Apla (Arranjo Produtivo Local do Álcool) e a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) promoveu na semana passada o 7º Business Round Apla/Datagro em São Paulo e, de 7 a 9 de novembro, promove missão comercial na Bolívia.

No Brasil, as rodadas de negócios aconteceram durante a 18ª Conferência Internacional Datagro sobre açúcar e etanol, que proporcionou um ambiente dinâmico com a realização de 210 encontros comerciais.

Nesta ação comercial, o projeto apresentou toda a atual cadeia produtiva brasileira do setor sucroenergético aos compradores estrangeiros representantes e proprietários de indústrias, usinas açucareiras, destilarias de álcool, associações e instituições de pesquisa, entidades governamentais, investidores e empresas fornecedoras da agroindústria canavieira vindos da Colômbia, Costa Rica, El Salvador, Equador, Nicarágua e Uruguai.

Nesta missão, o projeto alcançou números positivos que chegaram a marca de USD 500 mil em negócios e a expectativa ultrapassa mais de USD 21,5 milhões de possíveis vendas.

“Este ano em São Paulo, os resultados das rodadas foram animadores e a nossa missão de alavancar negócios para o setor sucroenergético brasileiro continuará esta semana na Bolívia, onde levaremos fornecedores para encontros comerciais no país”, disse Flavio Castellari, diretor-executivo do Apla. Do Brasil, 30 empresas participam das rodadas de negócios em São Paulo. 

Em Montero na Bolívia, o Projeto Brazil Sugarcane vai levar 24 representantes de empresas brasileiras ao XIV Simpósio Técnico da Agroindústria Canavieira Boliviana “Versão Industrial”, à Feira de Expositores e, em Santa Cruz de la Sierra farão visitas técnicas na Unión Agroindustrial de Cañeros S.A (Unagro S/A), Engenho Sucroalcooleiro Aguaí, Engenho Guabirá e Usina San Aurelio.

Na Bolívia, o governo investe no etanol para melhorar a qualidade da gasolina. Desde outubro deste ano, postos de serviços passaram a comercializar o Super Etanol 92, com gasolina e etanol. O novo combustível com 12% de etanol em sua composição foi oficialmente criado em 15 de setembro e, a partir daí, a gasolina passou a oferecer melhor qualidade, maior rendimento e, consequentemente uma vida útil maior dos veículos. A adoção do novo combustível expande o mercado que se torna ainda mais crescente na Bolívia.


Sobre o projeto

O Projeto Brazil Sugarcane Bioenergy Solution agrega empresas, instituições públicas e privadas ligadas ao setor sucroenergético, cobrindo a cadeia agroindustrial da cana-de-açúcar desde o desenvolvimento de tecnologias industriais e agrícolas, fabricação de máquinas e equipamentos, ampliação de variedades de cana e prestação de serviços diversos, até a participação efetiva no desenvolvimento e estruturação de mercados. 

Diversas ações e convênios são aplicados no projeto. Entre os destaques, o Projeto de Promoção Comercial de Exportações dos Equipamentos, Produtos e Serviços das Empresas do Setor Sucroalcooleiro que, em parceria com a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), realiza rodadas de negócios em diversos países e participações em feiras do setor. No Projeto Comprador e Imagem, o Apla e a Apex-Brasil organizam receptivo de interessados no mercado sucroalcooleiro nacional, fomentando e ampliando o comércio exterior.

Assessoria de Imprensa: Luciana Corrêa (MTB 31881) 
Telefone: (19) 2534-9503 / 99706-7630
E-mail: assessoria@ozoniopropaganda.com.br
 

Foto: Ozonio Imprensa