• Home
  • > Notícias
  • > PRODUTORAS BRASILEIRAS ENXERGAM POTENCIAL NO MERCADO CHINÊS
quinta-feira, 08/06/2017
PRODUTORAS BRASILEIRAS ENXERGAM POTENCIAL NO MERCADO CHINÊS

O potencial do audiovisual no mercado chinês, especialmente nas plataformas de video on demand, deixaram bastante otimistas os executivos da Elo Company e da Accorde Filmes que participaram do MIP China Hangzhou, evento realizado pelos mesmos organizadores do MIPCOM e do MIPTV. O Brazilian Content, programa de exportação da BRAVI em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), organizou a ida da delegação à primeira edição do evento, que aconteceu de 23 a 25 de maio.

Sabrina Wagon, CEO da Elo Company, conta que a distribuidora e produtora realizou aproximadamente 20 reuniões em dois dias e meio, além de uma visita ao Alibaba, um dos maiores grupos de tecnologia e mídia do país. “Fiquei impressionada com a organização do evento e o tamanho do mercado”, destaca. Cerca de 40% do mercado digital mundial está na China, o que abre muitas oportunidades para distribuição de conteúdo em plataformas de VOD que contam com mais de 500 milhões de usuários. Sabrina vê possibilidades para negócios em algumas áreas, em especial animação, documentário, conteúdo documental e factual relacionado a futebol e formatos que façam sentido para a cultura local. Para a Elo Company, o resultado da participação no evento foi extremamente positivo, sendo a empresa a maior distribuidora de animações e documentários nacionais.

Para Paulo Nascimento, diretor da Accorde Filmes, o saldo do evento também é positivo. Há um ano ele tem tentado se aproximar da China por conta de um dos projetos, “Tiger”, uma série de ficção que aborda o mundo do futebol. O evento no país foi importante para chegar aos executivos responsáveis pela tomada de decisão. De acordo com Paulo, das 14 reuniões, duas conversas continuaram firmes no pós-evento. “Foi um aprendizado maravilhoso. Eles são bastante focados no mercado interno, que já é bem grande. Eu tinha um produto voltado para eles e isso foi importante”, resume Nascimento. Ele observa que apesar do tamanho do mercado (são mais de 3 mil canais e mais 400 milhões casas com aparelho de televisão), há uma carência de boas histórias e esse é um bom gargalo para o produtor brasileiro explorar.

Antes de viajar, Sabrina e Paulo participaram de um encontro promovido pelo Brazilian Content, Cinema do Brasil e Brazilian Game Developers na sede da BRAVI, em São Paulo, com o gerente do núcleo China da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), Augusto Castro. Na ocasião, o executivo falou sobre oportunidades de negócios com o mercado chinês e as informações foram importantes para as produtoras se preparassem para o evento. “Levei cartões em mandarim e presentes”, diz Sabrina, destacando a participação de José Mário Antunes, Chefe de Operações da Apex-Brasil na China.

No dia 27 de junho, às 10h, Sabrina e Paulo estarão na sede da BRAVI em São Paulo para compartilhar as experiências do MIP China com os associados Brazilian Content.

Sobre a Brasil Audiovisual Independente (BRAVI)

A BRAVI reúne produtoras independentes de conteúdo audiovisual para televisão e mídias digitais e possui mais de 600 associados em 18 unidades da Federação, nas cinco regiões do Brasil. Fundada em 1999, a associação atua fortemente para o desenvolvimento do mercado audiovisual brasileiro e representa o setor em diversos fóruns de debates públicos e privados. Com uma estrutura profissional e reconhecida representatividade nacional, a BRAVI também participa ativamente das regulamentações do mercado audiovisual, incentivando a produção e novos modelos de negócios, além de oferecer capacitação especializada ao produtor independente. Por meio de relevantes parcerias institucionais, apoia a participação do empresário brasileiro no mercado audiovisual internacional.

Sobre o BrazilianContent

O BrazilianContent é o programa internacional da Brasil Audiovisual Independente (BRAVI), criado em 2004 e realizado em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). Com o objetivo de promover o conteúdo audiovisual independente no mercado internacional, o BrazilianContent viabiliza parcerias entre empresas brasileiras e estrangeiras (por meio de coproduções, vendas e pré-vendas para canais de TV, internet, telefonia celular e mídias digitais). O Brasil hoje é considerado um importante mercado no cenário internacional e integra o plano de negócios de coprodução de inúmeras TVs e produtoras.

Informações para a imprensa

2PRÓ Comunicação – bravi@2pro.com.br
MyrianVallone -myrian.vallone@2pro.com.br

Ana Carolina Barbosa – ana.carolina@2pro.com.br

Tel. 55 (11) 3030.9400 /3030.9404

www.2pro.com.br
Twitter: @2procom

Junho/2017