segunda-feira, 29/10/2018
O TRABALHO DA MISSÃO DO BRASIL JUNTO À UNIÃO EUROPEIA

Everton Vieira Vargas
Embaixador
Chefe da Missão do Brasil junto à União Europeia

A Missão do Brasil junto à União Europeia atua desde 1961 em Bruxelas, ou seja, foi instalada apenas três anos após a assinatura do Tratado de Roma. Desde então, o Governo brasileiro tinha plena consciência da importância do projeto europeu e de seu potencial como parceiro internacional. A União Europeia evoluiu significativamente e se tornou mais complexa. Isso significou novos e instigantes desafios para a atuação da Missão, na defesa dos interesses do Brasil.

A Parceria Estratégica entre o Brasil e a União Europeia, de 2007, resultou numa ampla agenda bilateral cobrindo os mais diversos campos, desde a economia e comércio até a área política, da cooperação em inovação até a sustentabilidade. Além dos temas de interesse bilateral e regional, o Brasil e a União Europeia são dois importantes atores globais. Juntos, temos liderado discussões internacionais relevantes, como na Organização Mundial do Comércio.

A Parceria Estratégica possui um importante componente econômico: na área comercial, o Brasil é o principal fornecedor de bens agrícolas para a UE, com 8% do total de importações europeias desses produtos1, e o detentor do sexto maior estoque de investimentos diretos na UE, excetuados os paraísos fiscais, com 1,6% do total de investimentos estrangeiros na UE2. Por sua vez, a União Europeia possui significativo portfólio de investimentos no Brasil (EUR 373 bilhões), que é o terceiro principal destino dos investimentos europeus no mundo, atrás apenas dos EUA e da Suíça2.

A importância econômica mútua se revela no nosso trabalho na Missão. Acompanhamos muito de perto os desenvolvimentos que ocorrem em todas as instituições da UE, particularmente o Parlamento Europeu, a Comissão Europeia e o Conselho, onde deliberam os 28 estados-membros. São contatos diários meus e de meus colegas com integrantes dessas instituições, com representações de estados-membros da UE e de terceiros países, além da grande quantidade de formadores de opinião (“think tanks”, jornalistas, representações de interesses setoriais e acadêmicos) aqui existentes. Esse trabalho se traduz no atento acompanhamento dos processos decisórios que afetem interesses brasileiros, direta ou indiretamente. Nossa atuação requer instruções constantes do Itamaraty; mantemos estreito diálogo com ministérios setoriais no Brasil e com empresas e grupos de interesse de maneira a dispor da melhor informação e análise para o diálogo com as instituições europeias.

Parte significativa dos esforços da Missão concentra-se na negociação do Acordo de Associação MERCOSUL-UE. Esta é uma das mais abrangentes negociações econômicas em curso no mundo e com repercussões e ganhos significativos para ambas as partes. Nosso trabalho extrapola as negociações: a Missão também dedica muita energia à produção de inteligência sobre a agenda comercial da UE e sobre os desafios globais enfrentados; além disso, está constantemente em busca de informações estratégicas para reforçar nossa posição negociadora.

Agricultura e sustentabilidade ocupam também posição central em nossa agenda. Diante dos importantes interesses defensivos em Bruxelas, devemos estar sempre vigilantes para evitar rupturas em fluxos de comércio e danos à imagem do Brasil.

A ferramenta transversal que mais apoia o trabalho da Missão é a diplomacia pública. Essa é a área de nosso trabalho em que atuamos junto a jornalistas e outros formadores de opinião para garantir que nossa narrativa seja conhecida e disseminada. Posso dizer que os resultados desse segmento de nosso trabalho são muito encorajadores: em pouco mais de dois anos, eu e meus colegas fizemos diversas palestras, artigos e entrevistas pelas quais transmitimos a visão brasileira sobre uma ampla gama de assuntos. A cobertura de imprensa sobre temas relacionados ao Brasil é hoje mais equilibrada, prova de que estamos na direção certa.

A parceria da Missão com o Escritório da Apex-Brasil em Bruxelas tem sido fundamental para melhor desempenharmos nosso trabalho – e, juntos, temos feito uma defesa à altura da importância do Brasil e da relação com a UE. Acredito ser importantíssimo buscar espaços para, com visão estratégica e inteligência comercial, podermos desenvolver oportunidades de negócios entre Brasil e UE e colaborarmos para o adensamento das relações comerciais bilaterais.

Aproveitaremos esse espaço para compartilhar, com um pouco mais de detalhe, as ações e visões da Missão do Brasil junto à UE sobre os principais desafios para a manutenção e expansão dos fluxos comerciais. Acreditamos que a interlocução com todos os que partilham esse objetivo enriquecerá o trabalho e potencializará o apoio que podemos oferecer em Bruxelas.


[1] Fonte: Eurostat, 2017
[2] Fonte: Eurostat, 2016

 +55 61 2027-0202

SAUN Quadra 05 Lote C Bloco B, Torre II,
Salas 1201 a 1701 Centro Empresarial CNC
Asa Norte, Brasília - DF, 70040-250

Apex Brasil - Logo

© Todos os Direitos Reservados - Apex-Brasil