terça-feira, 06/06/2017
EVENTO DE MODA BRASILEIRA SURPREENDE MÍDIA INTERNACIONAL

De 24 a 27 de maio, a cidade de Fortaleza, no Ceará, recebeu um dos maiores eventos de moda autoral do país, o Dragão Fashion Brasil 2017. Comemorando 18 anos de história, a edição contou com a cobertura de quatro jornalistas internacionais, que estiveram no país a convite do Texbrasil – Programa de Internacionalização da Indústria Têxtil e de Moda Brasileira, resultado de uma parceria entre a Abit e a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos).

Os formadores de opinião Anna Ross, do bureau de tendências WGSN da Inglaterra, Germán Romero, do Jornal La Tercera do Chile, Victoria Lescano, dos jornais Página 12 e La Nación da Argentina e Patuska Knezvich, do jornal Publimetro do Peru assistiram aos mais de 30 desfiles do DFB Festival, além de participar de uma programação multicultural composta por workshops e palestras com nomes relevantes da moda nacional, concursos de novos estilistas e atrações musicais e gastronômicas.

A agenda dos convidados também contou com visitas às fábricas da Vicunha Têxtil e da Delfa, localizadas na região metropolitana de Fortaleza, onde os jornalistas conheceram de perto seus processos produtivos e tecnológicos. “Foi muito inspirador ter uma visão da indústria da moda brasileira em sua totalidade. Pude abrir os meus olhos em relação ao nível de importância dada à sustentabilidade e às práticas ambientalmente amigáveis por essa indústria, tanto nos desfiles quanto nas visitas às fábricas”, revelou Anna Ross.

De acordo com a organização, mais de 40 mil pessoas passaram pelo Terminal Marítimo de Passageiros de Fortaleza, que sediou o evento pelo terceiro ano consecutivo. “Os estilistas que participaram do Dragão Fashion são muito talentosos e o espírito de entusiasmo do evento como um todo é incrível. A cena da moda brasileira continua a crescer e prosperar e foi muito excitante fazer parte disso”, completou a jornalista britânica.

Sobre o Texbrasil

O Texbrasil, Programa de Internacionalização da Indústria Têxtil e de Moda Brasileira, foi criado em 2000 pela Abit em parceria com a Apex-Brasil, para apoiar e preparar as empresas das indústrias têxtil e de confecção interessadas em comercializar seus produtos em outros países. Desde seu lançamento, mais de 1,2 mil empresas utilizaram os serviços do Programa, entre eles encontro com compradores e jornalistas internacionais, participação em feiras e eventos em todo o mundo, ações de capacitação em inovação, sustentabilidade e design, e realização de pesquisas e prospecções de mercado.