• Home
  • > Notícias
  • > EDITORAS BRASILEIRAS DE FICÇÃO E NÃO-FICÇÃO PARTICIPAM DA FEIRA DO LIVRO DE FRANKFURT
quinta-feira, 11/10/2018
EDITORAS BRASILEIRAS DE FICÇÃO E NÃO-FICÇÃO PARTICIPAM DA FEIRA DO LIVRO DE FRANKFURT

A Feira do Livro de Frankfurt começa nesta quarta (10) e conta com a participação de 27 editoras brasileiras sendo cinco delas voltadas para o gênero Ficção e Não-Ficção.  A delegação é encabeçada pelo Brazilian Publishers, projeto de internacionalização de conteúdo editorial brasileiro realizado por meio de uma parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

A Editora Melhoramentos entrou no mercado com a publicação do primeiro livro impresso em quatro cores no Brasil: “O Patinho Feio”, em 1915, de Hans Christian Andersen. Desde então, a empresa construiu uma reputação literária pela qualidade do seu catálogo, que tem autores renomados como o cartunista Ziraldo, que produziu o infantil “O Menino Maluquinho”. A empresa leva as obras “Nino, o Menino de Saturno”, do Ziraldo, “O Meu Pé de Laranja de Lima”, de José Mauro de Vasconcelos, entre outros.

Fundada com objetivo de ampliar o conhecimento literário dos leitores, a editora SESI-SP possui coleções, que incluem importantes referências literárias, de produção cultural, material profissional, social, graphic novel, entre outras. Durante a feira, a empresa vai apresentar obras do seu catálogo como o romance “Poesia Chinesa, de André Caramuru, e “Catálogo de Perdas”, de João Anzanello Carrascoza e Juliana Monteiro Carrascoza. A obra foi indicada ao Prêmio Jabuti, o maior evento do mercado editorial brasileiro. Saiba mais aqui.

A Boitempo é uma editora independente com publicações voltadas para o pensamento crítico. Com um catálogo consistente e amplamente respeitado, a empresa possui títulos relacionados a humanidades e obras de ficção como “Feminismo e Política”, de Flávia Biroli e Luis Felipe Miguel, “Brasil: Uma Biografia Não Autorizada” de Francisco de Oliveira, “Deslocamentos do Feminino”, de Maria Rita Kehl, entre outros.

Ao longo de 45 anos, a Global Editora se estabeleceu como uma editora tradicional dedicada a trazer os melhores autores da literatura brasileira. A empresa possui autores e ilustradores de renome em seu catálogo como Ana Maria Machado, Ignácio de Loyola Brandão, Bartolomeu Campos de Queirós, Gilberto Freyre, Cora Coralina, Cecília Meireles, Manuel Bandeira, Rubem Braga, entre outros. Para Frankfurt, a editora vai levar a ficção “Clarice” (Roger Melo), que apresente observações de duas crianças que vivenciaram a ditadura militar, o título “Gilberto Freyre e as aventuras do paladar, de Maria Lecticia Monteiro Cavalcanti, entre outros.

O Grupo Companhia das Letras é uma das maiores empresas do mercado editorial brasileiro e possui um catálogo ativo de aproximadamente cinco mil títulos. A empresa vai levar obras que tiveram grande destaque internacional como “O Sol Na Cabeça”, do autor Geovani Martins, “A Resistência” de Júlian Fuks.

Faça o download da edição 2018/2019 do Brazilian Publishers e saiba mais sobre as empresas que estarão presentes em Frankfurt.

Além da participação das editoras, o evento também conta com a presença de três autores brasileiros: João Paulo Cuenca, Bianca Santana e Geovani Martins. Saiba mais aqui.

Sobre o Brazilian Publishers
Criado em 2008, o Brazilian Publishers é um projeto setorial de fomento às exportações de conteúdo editorial brasileiro, resultado da parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). A iniciativa tem como propósito promover o setor editorial brasileiro no mercado global de maneira orientada e articulada, contribuindo para a profissionalização das editoras.